ENTRETENIMENTO/ESPORTES

Avenida Paulista recebeu 1,7 milhão de pessoas na festa de Ano Novo

Reveillón teve Claudia Leitte, Latino e Sambô. Festa entrou para o livro dos recordes com maior número de pessoas pulando com um pé só.

Publicado às 9h30

Portal G1

A festa de Ano Novo na Avenida Paulista reuniu 1,7 milhão de pessoas, informou a Prefeitura de São Paulo. Para celebrar a chegada de 2018, o evento teve Claudia Leitte, Latino e Sambô.

A primeira atração a subir ao palco, por volta das 20h30, foi Sambô. Às 21h30 foi a vez do cantor Latino, que enfrentou diversos problemas com som e luz, o que interrompeu o show em alguns momentos. A festa foi encerrada com Claudia Leitte. A baiana começou a cantar 20 minutos antes da virada de ano e, empolgada, quase perdeu a contagem regressiva.

A festa de réveillon da Avenida Paulista quebrou um recorde ao reunir o maior número de pessoas pulando juntas com um pé só, o pé direito, por 15 segundos. Uma equipe do Guinness atestou a quebra do recorde.

Segundo os organizadores, mais de 1500 pessoas pularam juntas. Cerca de 100 fiscais do Conselho Nacional de Educação Física de São Paulo, o CREF, foram treinados para acompanhar e validar a ação.

A virada na Paulista teve ao menos uma briga e um preso por furto pela Polícia Militar. A reportagem do G1 presenciou ao menos 14 pessoas que passaram mal e foram socorridas pelos bombeiros civis.

Chuva deu trégua

São Pedro ajudou o paulistano e a chuva que caiu sobre a capital paulista durante praticamente todo o domingo (31) deu uma trégua no início da noite, permitindo uma bonita festa de reveillón.

As cores da festa foram branco, vermelho e amarelo. Dinheiro, saúde e amor era o que todos pediam para 2018. Muitos turistas de outros estados, como Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás e Rio Grande do Sul, trouxeram a família para a avenida, que se transformou em uma balada a céu aberto.

A engenheira química Tamires Rodrigues, 22 anos, veio do triângulo mineiro com os pais. Usando vermelho e rosa ela era uma das animadas no show do Sambô, que abriu a festa por volta das 20:30. “Eu gosto de rosa e vermelho. Quero amor no ano que vem. Minha mãe quer riqueza”, disse ela.

A contadora Adriana Araújo veio com o marido e as três filhas, de 8, 10 e 13 anos de Anápolis, Goiás. “Estamos passando a semana conhecendo SP. Queremos paz e saúde em 2018”, disse Adriana.

As três filhas de Adriana estavam muito animadas e usavam óculos e tiaras brancas escrito 2018. Toda a família também usava branco. “É tradição, queremos paz também”, disse.

Apesar de ser proibida a entrada de fogos de artifício com o público na área cercada do evento, em pelo menos quatro ocasiões fogos foram soltos no meio da multidão. Homens subiram também nas estações de Metrô Consolação e Trianon Masp, na Avenida Paulista, soltando fogos. Em uma das ocasiões policiais militares também subiram nas estações para retirar os jovens, para evitar que fosse vandalizado patrimônio público.

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Video

Uniquely strategize progressive markets rather than frictionless manufactured products. Collaboratively engineer reliable.

Flickr

  • back duo
  • trio xxi
  • decisive
  • boyau
  • Jerusalem's chimera
  • Jorg
  • Ulli
  • Inglorious
  • Campidoglio