EDUCAÇÃO

Dia do Professor: Escola em Pirituba dá exemplo de inclusão com ensino bilíngue de libras e português

Publicado às 8h40

Por Priscila Perez

No Dia do Professor, nada mais natural do que homenageá-lo destacando um incrível trabalho que é realizado em nossa região. Em Pirituba, a Escola Municipal Vera Lúcia Aparecida de Ribeiro reúne docentes dedicados a ensinar a língua brasileira de sinais e português às crianças surdas da zona noroeste.

Sala de aula da escola. Foto: Reprodução/TV Globo.

São 49 crianças muito especiais, com surdez ou surdez e outras deficiências. O ensino bilíngue é uma maneira eficaz de inserir essa criançada na própria comunidade. Elas aprendem a se comunicar por libras, até mesmo na hora do recreio, e tornam-se cada vez mais independentes.

Dedicação

E esse mecanismo estimulante funciona tão bem porque há professores capacitados e dedicados a transformar a vida de seus alunos. Muitos deles, inclusive, relatam que o envolvimento dos pais faz toda a diferença nesse processo de aprendizagem: a inclusão será maior se a comunidade abraçar a linguagem de sinais. Por isso, a escola também oferece um curso gratuito de libras para todos os interessados. Se quiser aprender, é uma ótima oportunidade. “Quando você passa a estudar libras, você vivencia o mundo deles, que é bem diferente”, conta a auxiliar docente Alessandra Fernella.

Aluna da escola. Foto: Reprodução/TV Globo.

Saber se comunicar é fundamental para uma vida saudável, mas o processo de aprendizagem nem sempre é simples. Muitas crianças chegam à escola sem conhecer a língua de sinais, e daí cabe aos professores iniciar a jornada. “Somos uma escola bilíngue e trabalhamos a libras como primeira língua e a língua portuguesa como segunda”, explicou a professora de matemática Patrícia Moreira Corripio.

Neste dia 15 de outubro, fica aqui a homenagem a quem faz tudo isso acontecer.

“Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais” – Rubem Alves

Encontro de professores e alunos da Emef em 2017. Foto: Reprodução.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Video

Uniquely strategize progressive markets rather than frictionless manufactured products. Collaboratively engineer reliable.

Flickr

  • Fall mantra
  • Outsights
  • sneaker
  • Intempérils!
  • Oscars
  • Aida
  • back duo
  • trio xxi
  • decisive