SAÚDE

Pacientes relatam demora e falta de médicos no Hospital da Brasilândia; conselheira de Saúde de Pirituba afirma que profissionais evitam trabalhar na região

Publicado em 17/05, às 11h50
por Redação

Pacientes que buscaram atendimento no Hospital da Brasilândia relataram demoras e escassez de médicos. Ana Marta Teles, por exemplo, esperou cinco horas para ser atendida, enfrentando fortes dores devido à artrose, mesmo não sendo prioritária no pronto-socorro ocupado com casos suspeitos de dengue e problemas respiratórios.

Ela destacou a estrutura do hospital, mas criticou a falta recorrente de médicos. Outro paciente, Dandara Maria, também aguardou por horas enquanto sua mãe recebia cuidados após um diagnóstico de pedra no rim.

A Secretaria de Saúde de São Paulo afirmou que o quadro de profissionais do hospital está completo e que nenhum paciente fica desassistido. Quanto às demoras, mencionaram o protocolo de classificação Manchester e justificaram as variações no tempo de espera de acordo com a gravidade dos casos e a demanda diária.

O Hospital da Brasilândia foi entregue em 2020, inicialmente para atender casos de Covid, mas posteriormente expandiu para casos de urgência, emergência clínica, pediatria e cirurgias de baixa complexidade. A unidade fica próxima aos bairros da Brasilândia, Pirituba e Freguesia do Ó. Segundo Kátia Prandini, conselheira de Saúde de Pirituba, é comum que profissionais de saúde se recusem a serem alocados nas unidades de saúde da região, que é gerida pela OSS (organizações sociais de saúde) Associação Saúde em Movimento.

A OSS não respondeu às questões sobre a demora e a falta de médicos.

O modelo de parceria com organizações sociais de saúde foi adotado em 1998 em São Paulo, mas enfrentou críticas e investigações por irregularidades, incluindo a falta de médicos e problemas contratuais.

Recentemente, houve relatos de atrasos salariais e problemas de insumos no hospital, além de denúncias de sobrecarga de trabalho por parte dos funcionários.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Video

Uniquely strategize progressive markets rather than frictionless manufactured products. Collaboratively engineer reliable.

Flickr

  • Ufer
  • Bridge
  • Ballhaus
  • Training
  • Immediate ceasefire
  • Bats rdv
  • Sombra
  • Garden-party
  • Marco