SAÚDE

Capital inicia vacinação para adolescentes de 12 a 14 anos e aplica dose adicional em idosos na segunda-feira (6)

Publicado em 03/09/2021 às 15h

Via SMS (Secretaria Municipal de Saúde)

Pessoas acima de 90 anos poderão tomar nova dose entre os dias 6 e 12 de setembro

A cidade de São Paulo inicia na próxima segunda-feira (6) a vacinação de adolescentes de 12 a 14 anos de idade sem comorbidades ou deficiência física permanente, com expectativa para vacinar cerca de 360 mil pessoas. Também na segunda será iniciada a vacinação com a dose adicional para idosos acima de 90 anos, que segue até o dia 12 de setembro, com público estimado em 52 mil munícipes.

Toda a rede estará aberta para a imunização do público elegível para primeira dose (D1), segunda dose (D2) e dose adicional.

Os idosos devem comparecer a um dos mais de 600 postos de vacinação da capital, com o comprovante de vacinação do ciclo vacinal completo (a segunda dose deve ter sido aplicada há pelo menos seis meses), documento com foto e comprovante de residência na capital.

Com relação aos pacientes acamados em domicílio, a vacinação é feita pela equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência do usuário, assim como nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) e população indígena aldeada na cidade de São Paulo.

A vacinação dos idosos acontecerá com a vacina que estiver disponível nos postos de saúde. Já para os adolescentes, o imunizante da Pfizer é o único liberado, até o momento, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Os jovens devem ser acompanhados pelos pais ou responsável no ato da vacinação. No caso de impossibilidade desse acompanhamento, é preciso ir com um adulto e apresentar autorização assinada por um responsável.

Doses remanescentes

A partir de segunda-feira (6), os idosos com mais de 60 anos também podem fazer a inscrição nas UBSs para receber as doses remanescentes, a chamada xepa. Vale para quem tomou a segunda dose há mais seis meses na capital. Para isso, é preciso apresentar o comprovante de vacinação com ciclo vacinal completo, documento com foto e comprovante de residência.

Também podem se cadastrar para doses remanescentes, para a aplicação do reforço vacinal, pessoas imunossuprimidas com mais de 18 anos que tomaram a segunda dose ou única há pelo menos 28 dias.

Documentos e pré-cadastro

Para garantir as doses à população do município de São Paulo, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) reforça a obrigatoriedade de apresentar no ato da vacinação, documentos pessoais, preferencialmente CPF e cartão SUS. É preciso levar um comprovante de endereço da cidade de São Paulo, de forma física ou digital. No caso dos adolescentes são aceitos documentos em nome dos pais.

O preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já agiliza o tempo de atendimento nos postos. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento.

A SMS recomenda que antes de se deslocar a um posto, o munícipe consulte a movimentação de cada local na página De Olho na Fila para escolher o melhor momento para se vacinar. A plataforma também disponibiliza informações sobre os imunizantes disponíveis para D2 em cada unidade.

Onde se vacinar

A lista completa de postos pode ser encontrada na página Vacina Sampa.

Imagem: Reprodução/Freepik

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Video

Uniquely strategize progressive markets rather than frictionless manufactured products. Collaboratively engineer reliable.

Flickr

  • Garden-party
  • Marco
  • Poline
  • Fête nationale
  • Brandenburg Concerto (Wendy Carlos)
  • Maggie ##
  • Maggie #
  • Maggie
  • Les raisins à l'envi