ENTRETENIMENTO/ESPORTES

Sesc Avenida Paulista reabre com cerca de 50 atrações gratuitas

Programação inaugural é estendida até terça (1º/5); entre os destaques, está exposição de Bill Viola

Publicado às 10h

Agência Estado

​Fechado desde 2010, o Sesc Avenida Paulista reabriu as portas para o público ao meio-dia deste domingo (29). A unidade, com 17 andares e um mirante, chega para se somar ao já agitado circuito cultural da avenida.

“Agora temos um grande pretexto para andar de ponta a ponta da avenida Paulista. Do IMS até aqui”, disse a roteirista Marta Nehring.

No começo da tarde, havia filas para ver a programação de inauguração, que é estendida até a terça, Primeiro de Maio.

Até as 18h, cerca de 12 mil pessoas haviam passado pela unidade e pelo palco externo. A expectativa é receber 18 mil pessoas a cada semana.

“Aqui, o dinheiro público volta para o público. Fico até arrepiado dizendo isso”, comentou o músico Tom Zé. O Sesc faz parte do Sistema S, que inclui ainda Sesi, Senai e Senac e é mantido com contribuição sindical compulsória.

A estudante de jornalismo Amanda Sousa quis conhecer a unidade em seu primeiro dia. “Precisamos ter mais intervenções culturais na cidade. É preciso respirar arte.”

Um dos pontos mais lotados durante do dia, o mirante, com vista panorâmica de SP, foi o local escolhido para as selfies e um dos mais elogiados por quem passava por ali.

Atrações ocuparam os diferentes espaços da unidade. Hermeto Pascoal e seu grupo, por exemplo, tocaram para público animado no 13º andar.

Outro atrativo da inauguração foi o palco montado na rua Leôncio de Carvalho. Ali, deve ser construído um bulevar permanente, em parceria com o vizinho Itaú Cultural.

Nele tocaram a Orquestra Sinfônica Heliópolis com Vanessa da Mata; Tulipa Ruiz, com espetáculo que misturou música e leitura; e expoentes do rap, como Emicida e Rael.

A empresária Vani Bayerlain estava andando na via quando descobriu a estrutura. “É legal ver essa movimento democrático que está acontecendo com a Paulista”, disse.

Acompanhado de sua esposa, seu filho e seu cachorro, o professor Luiz Alberto Parra se programou para acompanhar a abertura. “Eu vejo a unidade inserida no contexto da Paulista aberta.”

Às 11, antes da abertura para o público, houve cerimônia oficial. Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc-SP, recebeu nomes como Abram Szajman, presidente da Fecomercio-SP, Alberto Beltrame, ministro do Desenvolvimento Social, e Romildo Campello, secretário estadual de Cultura.

“O nosso prédio se vestiu de sua melhor roupa. São as pessoas, com seus usos e apropriações e sua enorme diversidade, que darão vida a essa roupa. A paisagem humana é a que de fato embeleza a cidade”, disse Santos de Miranda.

O prefeito Bruno Covas (PSDB), que tinha agenda oficial, foi representado por secretários e prefeitos regionais. A Folha não encontrou o secretário de Cultura, André Sturm, em sua visita. Contatado, ele disse que esteve no Sesc no início da tarde e que voltaria para conhecê-la melhor.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Video

Uniquely strategize progressive markets rather than frictionless manufactured products. Collaboratively engineer reliable.

Flickr

  • Inglorious
  • Campidoglio
  • MAXXI
  • Fasanen butterfly
  • Xiomara dedicating her book "Warten auf den Regenbogen" (teNeues, 2024)
  • Xiomara duo
  • Xiomara
  • History
  • Minotaure