COTIDIANO

São Paulo contabiliza 24,4 mil presos fora das grades após “saidinhas” nos últimos quatro anos

Publicado em 06/01, às 11h30

Por Priscila Perez

A saidinha temporária, que já beneficiou presos como Suzane von Richthofen, condenada por matar os pais, e o casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, responsáveis pela morte da menina Isabella Nardoni, foi responsável pela “fuga” de mais de 24,4 mil presos ao longo dos últimos anos. A informação é da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), ligada ao governo estadual.

saidinha
Centro de detenção provisória na zona oeste. Foto: Reprodução/Jardiel Carvalho/Folhapress

De acordo com o levantamento, dos 637.490 presidiários que puderam sair em datas como Páscoa, Dia das Mães, Finados, Natal e Ano Novo, 3,8% deles não retornaram para o sistema prisional paulista entre 2015 e 2019. Além deles, 51 presos morreram durante a saída temporária. O SAP também informa que, nesse período, o número de saidinhas autorizadas pela Justiça aumentou significativamente. Em 2015, 121.672 detentos foram liberados; três anos depois, o número saltou para 143.352.

O benefício previsto em lei é concedido a detentos em regime semiaberto com bom comportamento que já cumpriram um sexto da pena (réus primários) ou um quarto, se reincidentes. Entretanto, a partir de agora, condenados por crimes hediondos que resultaram em morte (homicídios qualificados) não terão mais direito à “saidinha”.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Video

Uniquely strategize progressive markets rather than frictionless manufactured products. Collaboratively engineer reliable.

Flickr

  • Oscars
  • Aida
  • back duo
  • trio xxi
  • decisive
  • boyau
  • Jerusalem's chimera
  • Jorg
  • Ulli